Breaking News
Home / BIKE FRIENDLY / 5 PASSOS PARA UMA AMÉRICA MAIS AMIGÁVEL AO CICLISTA

5 PASSOS PARA UMA AMÉRICA MAIS AMIGÁVEL AO CICLISTA

Engenharia: Criar lugares seguros e convenientes para andar e estacionar bicicletas

Levantamento após pesquisa mostra que o ambiente físico é determinante chave para saber se as pessoas vão iniciar a prática do uso da bicicleta. As Comunidades Amigáveis ​​para Ciclistas mais avançadas e Universidades têm uma rede de ciclismo bem conectada, composta por ruas calmas e protegidas, estacionamento seguro, conveniente e prontamente disponível.

Educação: Dando a pessoas de todas as idades e habilidades confiança para andar

No nível da comunidade, isso começa com a educação para a segurança das bicicletas como parte rotineira da educação pública. Comunidades, empresas e campi podem oferecer opções para os adultos que procuram melhorar suas habilidades de ciclismo, desde dicas on-line, é também vital fazer com que os motoristas e ciclistas fiquem cientes de seus direitos e responsabilidades na estrada através de campanhas de educação pública que promovam o compartilhamento de vias públicas.

 

Incentivo: Criar uma cultura que incentiva a prática do ciclismo

As comunidades, as empresas e as universidades desempenham um papel crítico no encorajamento das pessoas para pedalar, dando-lhes uma variedade de oportunidades e incentivos para usar suas bicicletas. Isto pode ser feito através da celebração do Mês Nacional da Bicicleta e do Dia da Bicicleta ao Trabalho, produzindo mapas de bicicletas comunitárias, rastreando sinalização e passeios de bicicleta. Muitos lugares estão investindo em sistemas públicos de compartilhamento de bicicletas, que são uma maneira conveniente, econômica e saudável de incentivar as pessoas a fazer viagens curtas de bicicleta.

 

Cumprimento: Garantir estradas seguras para todos os utilizadores

Leis e regulamentos básicos precisam governar o ciclismo para garantir a segurança de todos os usuários da estrada. Um bom conjunto de leis e regulamentos que tratam os ciclistas equitativamente dentro do sistema de transporte para garantir a segurança pública. Uma boa relação entre a comunidade de ciclistas e a aplicação da lei é essencial.

 

Avaliação e Planejamento: Planejamento para ciclismo como opção de transporte seguro e viável

Um plano mestre abrangente, em combinação com recursos, organização e cidadãos ativos é base de uma grande comunidade de ciclismo, empresários e universidades – fazem a diferença, o progresso sem estes é difícil. Um plano bem sucedido centra-se no desenvolvimento de uma rede de ciclismo que enfatiza viagens de curta distância, e é complementado por programas de incentivo, educação e aplicação para aumentar o uso da bicicleta.

Fonte: http://bikeleague.org/bfa

LEIA TAMBÉM.

Revista Amigo do Ciclista – 4ª Edição

O que você encontrará nesta edição? Observatório das Missões – Entrevista com ex-diretor da Embratur. Projeto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *